- guia de um ordinário vernáculo -


terça-feira, 31 de maio de 2011

RENDIÇÃO CONSTATADA

RENDIÇÃO CONSTATADA

a total ilusão
se torna minha guia
nessas noites tão frias
em que sua nunca
sentida presença me desafia

a total desilusão
me tortura de forma
tão lenta e macia
que me faz implorar
pelo ápice pelo clímax
pelo fim dessa eterna lida

a total solidão
que me mastiga
me tira o viço
me tira o brilho
me tira a voz
e meus conhecidos gritos
me rouba do hoje
me coloca no ontem do ontem
me perde no horizonte
me deixa louco
me cospe morto

escrevo por hábito
respiro por passo marcado
sorrio por não saber
como continuar meus atos

pode ser o efeito
da dor
do frio
do desejo
e da insanidade

mas, meu amor, eu não vejo
motivo em continuar vivo
se posso morrer
de vontade
e de saudade
de você

31/05/2011

0 comentários:

Postar um comentário